Como fazer aplicativos móveis

Como fazer aplicativos móveis 1

Os aplicativos móveis são uma forma popular de se envolver com os freguêses. Os tipos mais famosos são aplicativos de entretenimento e hábitos de vida. Mas, assim como existem aplicativos de negócios que se beneficiam de aplicativos móveis. As técnicas usadas pra fazer aplicativos móveis variam de acordo com a plataforma. Vamos ceder uma olhada em novas destas técnicas. Aqui estão novas coisas pra conservar na mente:

Os aplicativos de hábitos de vida e entretenimento são os tipos mais famosos de aplicativos móveis

Existem dois tipos principais de aplicativos móveis: estilo de vida e entretenimento. Estes tipos de aplicativos têm como objetivo aprimorar o hábitos de vida de um usuário e tornaram-se os tipos de aplicativos mais populares. Os aplicativos de hábitos de vida oferecem uma diversidade de serviços diferentes, da perda de peso a compras e salas de teste virtuais. Um excelente aplicativo de hábitos de vida despertará as emoções do usuário e proporcionará uma experiência envolvente.

Existem muitos tipos de aplicativos para jogos pra smartphones e tablets. Existem jogos de guerra, jogos de corrida de carros, jogos de quebra -cabeça e jogos de bicicleta, entre outros. Estes jogos geralmente têm vários níveis e apresentam recursos imersivos, como gráficos 3D e inteligência artificial. Alguns dos jogos mais populares incluem Clash of Clans, Subway Surfer e Pokemon Go.

Os aplicativos de entretenimento mantêm os usuários entretidos e os ajudam a relaxar. Eles normalmente são livres ou baratos. Diversos serviços de streaming também têm aplicativos móveis. Estes serviços permitem que os usuários acessem toda a sua biblioteca em seus telefones. Eles bem como são capazes de expor tema de áudio ou texto. A Amazon Kindle detém um aplicativo Kindle que permite que os usuários leiam livros sem o hardware.

Proveitos comerciais de aplicativos móveis

Os aplicativos móveis são uma ferramenta robusta pra corporações de todos os tamanhos. Eles melhoram a felicidade do comprador e aumentam a receita. Segundo estudos, quase 70% das decisões de compra são influenciadas na forma como uma corporação trata seus consumidores. As organizações conseguem melhorar as vendas, aumentar a lealdade do consumidor e ampliar o conhecimento da marca, construindo aplicativos móveis. Não obstante, se bem que o desenvolvimento de aplicativos móveis não seja essencial pra todos os tipos de negócios, há inmensuráveis privilégios a serem considerados. Por aqui estão alguns dos principais.

1. Euforia do freguês: os aplicativos móveis ajudam você a apreender melhor seus compradores. Estes aplicativos permitem vigiar o comportamento do cliente, fornecer pesquisas e monitorar freguêses existentes. Com estatísticas de exercício detalhadas, você podes encaixar tua estratégia de marketing e negócios de acordo.

Técnicas usadas para desenvolver aplicativos móveis

O desenvolvimento de aplicativos móveis envolve uma multiplicidade de técnicas. Primeiro, você tem que decidir que tipo de aplicativo deseja montar. Existem 2 tipos principais: aplicativos nativos e aplicativos da Web. Os aplicativos nativos são montados com idiomas e ambientes de desenvolvimento integrado (IDES) projetados particularmente para dispositivos móveis. Eles são de valores elevados que os aplicativos da Internet, entretanto podem ofertar uma melhor experiência do usuário.

Ambos os tipos de desenvolvimento de aplicativos móveis requerem prototipagem. A fase de prototipagem podes ser feita com quadros brancos e papel ou com ferramentas de software como Invision, Balsamiq e Adobe Experience Design. A próxima fase é selecionar ferramentas de desenvolvimento de aplicativos. Dependendo das suas necessidades, você pode utilizar qualquer uma das seguintes ferramentas:

A tecnologia de desenvolvimento de aplicativos móveis inclui várias ferramentas, componentes e bibliotecas. Bem como envolve a criação e colocação de pacotes de software pra dispositivos móveis. Isso permite que os desenvolvedores aproveitem os recursos exclusivos do mecanismo. As plataformas móveis mais comuns são Android e iOS. Estas plataformas móveis têm limitações específicas, incluindo potência de computação, tamanho da tela e recursos exclusivos.